Segurança da informação ou Cibersegurança: o que é e qual é a sua importância?

Conheça melhor cada conceito e aprimore sua gestão!

Segurança da informação ou Cibersegurança: o que é e qual é a sua importância?

A segurança da informação é uma preocupação primordial das empresas atualmente. Com o advento da LGPD, a proteção de dados ganhou um novo contorno. Ainda que a legislação brasileira seja considerada moderada, é fundamental estabelecer boas práticas neste sentido, inclusive de cibersegurança.

Mas segurança da informação e cibersegurança são diferentes, motivo pelo qual até gestores de TI se confundem em suas práticas. Conheça melhor os conceitos e aprimorem sua gestão!

O que é segurança da informação?

Segurança da Informação é um conjunto de técnicas, práticas e normas que orientam a proteção de informações sensíveis ao negócio. Ela abrange dados financeiros e de performance, projetos, dados de stakeholders, não importando se estão em ambiente físico ou digital. 

Existe, inclusive, um padrão internacional para garantir o máximo de proteção das informações. É a ISO 27001, que contém todas as boas práticas necessárias de proteção de dados. Algumas delas são o gerenciamento de crises, avaliações de riscos, segurança física e lógica, segurança em recursos humanos e a conscientização de colaboradores acerca da importância da proteção de dados.

O que é Cibersegurança?

Cibersegurança ou segurança informática é uma segmentação específica da segurança da informação, responsável pela definição de tecnologias e metodologias a serem utilizadas para a proteção de dados no ambiente virtual.

Em outras palavras, podemos dizer que a cibersegurança se concentra especialmente na informação de formato digital, bem como em seus sistemas interconectados de processamento, armazenamento e transmissão.

Essa área protege todos os ativos digitais da corporação, sejam transmitidos por rede ou armazenados em nuvem. Além disso, é ela que realiza os testes de prevenção de potenciais ataques externos. 

Seus protocolos de melhores práticas também estão incluídos na norma internacional ISO 27001, pois dados cibernéticos ou ativos de informação também se incluem no conjunto de dados de valor para os negócios da empresa.

Qual a importância da segurança da informação ou cibersegurança?

O preceito geral da segurança é diminuir riscos e perigos até um nível aceitável para a empresa. No que diz respeito à segurança da informação, o nível aceitável precisa estar o mais próximo possível de zero incidentes.

Isso porque as informações, sejam de mídias físicas ou virtuais, são os ativos mais valiosos de uma organização. A frase Data is the new oil (dados são o novo petróleo) tem sua razão de ser.

Daí, já se extrai a importância primordial do investimento na área de segurança da informação: evitar que dados confidenciais ou sensíveis do modelo de negócios se tornem públicos, prejudicando a competitividade da empresa.

Para tanto, os diversos protocolos de boas práticas que garantem a segurança da informação do seu negócio devem levar em consideração as especificidades da cibersegurança. Algumas recomendações básicas são:

Investir em segurança da informação é uma necessidade urgente das empresas. É preciso combater as principais fragilidades quanto à proteção de dados, que são a falta de treinamento, o baixo índice de automação de processos digitais, a ausência de um plano  estratégico de segurança eficiente e ferramentas eficazes. 

Independentemente dos limites de cada conceito, a ideia principal é proteger a informação dos riscos de segurança. A Flowti possui um Programa de Diagnóstico de Vulnarabilidades que pode te auxiliar a identificar o nível de maturidade da segurança do seu ambiente de TI. Solicite o contato de um dos nossos especialistas.

Notícias Flowti Blog

Quer falar com um especialista da Flowti?

Solicite o contato agora mesmo!