4 dicas para estar em conformidade com a Certificação HIPAA

Você já ouviu falar em HIPAA, o que é e por que é importante para empresas do segmento de saúde? Confira!

Você já ouviu falar em HIPAA, o que é e por que é importante para empresas do segmento de saúde? Estar em conformidade com a certificação HIPAA está cada dia mais em alta no Brasil, ainda que a lei seja norte-americana. Isso porque ela trata da segurança da informação em instituições de saúde.

Apesar de utilizarmos aqui o termo “Certificação HIPAA”, precisamos esclarecer que não existe um certificado ou documento no Brasil que ateste que você está em conformidade com esta lei norte-americana. 

Falar de “Certificação HIPAA”, na verdade, é o mesmo que dizer que determinada instituição está de acordo com as normas dispostas por essa lei estrangeira.

Feita a consideração, veja 4 dicas para obter a Certificação HIPAA (ou para ter conformidade com esta lei)!

1. Conheça a Norma HIPAA

A HIPAA (Health Insurance Portability and Accountability Act) é uma lei estrangeira aplicável nos Estados Unidos. É um conjunto de normas que empresas do segmento de saúde devem cumprir para proteção dos dados. No Brasil, a lei mais aproximada que temos é a LGPD.

Apesar de ser legalmente válida nos EUA, a lei tem inspirado organizações do universo healthcare de todo o mundo. Elas buscam se adequar às normas desta lei porque ela confere um status de compliance no tocante às mais robustas práticas de segurança das informações de saúde.

Como resultado, os stakeholders se sentem mais seguros em fazer negócios com essas empresas. A credibilidade no mercado aumenta bastante com a HIPAA.

2. Avalie sua infraestrutura de acordo com a HIPAA

Um dos pré-requisitos para uma instituição norte-americana obter a Certificação HIPAA, passa pela avaliação detalhada de toda a sua infraestrutura de TI. É preciso ter uma visão global e minuciosa sobre os possíveis riscos e vulnerabilidades. Assim, o gestor será capaz de identificar as lacunas para estar 100% aderente à norma HIPAA.

Outro ponto é analisar suas práticas de segurança da informação e concluir se elas conferem a segurança ideal. Elas são capazes de assegurar a confidencialidade de informações de saúde, bem como a segurança dos dados sensíveis?

O que as instituições brasileiras estão fazendo, é espelhar-se nessa lei norte-americana, realizando esta auto-análise, e buscando adotar as melhores práticas para corrigir os riscos atuais e se adequar a este padrão internacional.

3. Adote práticas para corrigir os riscos atuais e se adequar

As normas constantes na lei norte-americana abordam principalmente a proteção contra ameaças à segurança ou à integridade da informação. Uma empresa não pode, assim, utilizar ou divulgar dados não autorizadas ou inadmissíveis. 

No mesmo sentido, deve prezar pela integridade, confidencialidade e disponibilidade das informações protegidas de saúde. Pensar em HIPAA, o que é e como se adequar à norma, é um grande exercício.

É exatamente por isso que o gestor, após avaliar toda a infraestrutura, deve adotar as práticas para corrigir as vulnerabilidades. Podem ser pequenas questões técnicas, como atualizar o sistema ou adotar um firewall mais adequado. Mas pode também envolver questões muito mais complexas. 

Dada a especificidade da Lei norte-americana, é interessante e recomendável, contar com auxílio de especialistas desde o início. Além de terem conhecimento sobre a Certificação HIPAA e as melhores práticas para se adequar, ajudam o gestor a avaliar e melhorar a infraestrutura de TI.

4. Procure auxílio para estar em conformidade com os padrões da Certificação HIPAA

A norma HIPAA é ainda um tanto desconhecida no Brasil. No entanto, tem despertado a atenção de gestores das empresas da área de saúde. Para tanto, certamente buscaram conhecer melhor a Certificação HIPAA e seus pontos principais para saber como se adequar.

Uma questão de suma importância é a privacidade e proteção dos dados. Por isso, ao buscar seguir o padrão internacional exigido no mercado norte-americano para a Certificação HIPAA, é fundamental ter auxílio especializado. Uma empresa capaz de remodelar a arquitetura da infraestrutura, visando privacidade e proteção dos dados, pode ser um diferencial.

Uma consultoria técnica especializada, será capaz de apontar as lacunas que precisam ser preenchidas para uma adequação à norma HIPAA. A partir de relatórios sobre a infraestrutura de TI, é possível encontrar os pontos de melhoria. Além disso, com profissionais especializados e com conhecimento, sua empresa terá apoio na tomada de decisão quanto aos resultados do assessment.

É exatamente isso que a Flowti faz. Com conhecimento das melhores práticas exigidas em uma Certificação HIPAA, somos a empresa que poderá lhe auxiliar na avaliação de toda a sua infraestrutura de TI, propondo e auxiliando nas mudanças necessárias para estar em conformidade com este padrão internacional de segurança da informação.

Se você não sabe se sua arquitetura está bem definida para área de healthcare, focada em proteção e privacidade de dados, entre em contato conosco! 

Quer falar com um especialista da Flowti?

Solicite o contato agora mesmo!